terça-feira, 18 de dezembro de 2007

CONFIRMADO: RESCISÕES REAVALIADAS


O Executivo confirmou, ontem, na reunião da Comissão de Finanças da Assembleia Municipal, a informação dada por este blog sobre a anulação de 30 cartas de rescisão de contratos de avença, após terem sido reavaliadas as situações concretas desses trabalhadores.

Conforme tinha sido tornado público, o gabinete do vereador Sá Fernandes tinha entregue na presidência um dossiê com vários casos de trabalhadores que constituiam situações inequívocas de contratos de trabalho encapotados e com mais de 3 anos de serviço na CML.

Em comunicado dirigido a todos os trabalhadores do município, o vereador eleito pelo BE tinha manifestado a sua solidariedade com os trabalhadores que estavam a receber cartas de rescisão e disponibilizou-se para procurar assegurar o cumprimento do disposto no Programa de Saneamento Financeiro, no que respeitava à integração dos trabalhadores a "recibo verde".

Estas reavaliações repuseram a justiça nestes casos e permitirão que estes trabalhadores sejam incluidos no processo de integração dos avençados no quadro da CML.

[P]

4 comentários:

Interessado disse...

e resultados ? há vários que já empacotaram as coisas e foram gozar os dias de férias em falta, como vão ser informados ? alguém pode tornar pública a lista dos 30?

Anónimo disse...

Bom trabalho! Continuem e não se deixem intimidar pelas "bocas".

Anónimo disse...

No sítio onde trabalho houve duas pessoas a receber a dita carta, ambas a trabalhar há mais de três anos, com horários estipulados e a receber ordens...

Não sei de anulação nenhuma, acho engraçado que o Sá Fernandes tenha "salvo" esses 30, quando pelo menos eu conheço mais 2 que precisavam de ser salvos!

Anónimo disse...

Já agora podem publicar a lista dos 30 eleitos? É que se calhar há quem faça parte dessa lista e não sabe, pois não sei se tiveram o cuidado de avisar as respectivas chefias ou fizeram tal como os recursos humanos, a amabilidade de enviar cartas surpresa! Desculpem a ironia mas este assunto cansa qualquer comum dos mortais, principalmente quando não se vê solução. Há vidas e famílias em jogo, é bom não esquecer.