quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

AVENÇADOS VÃO SER INTEGRADOS

Foi anunciado hoje que a Câmara já está na posse de um parecer jurídico que abre caminho para a integração de centenas de trabalhadores a "recibo verde" que laboram há anos na CML e têm sido mantidos em precariedade, apesar de configurarem verdadeiros contratos de trabalho.

Dentro de dias, a metodologia de integração será discutida com os sindicatos. Baseada num processo em que a constituição de um centro de arbitragem (Câmara + Sindicatos) é chave para a formalização da passagem dos trabalhadores para o quadro do município (sem concurso público externo), esta solução garantirá que durante o primeiro trimestre de 2008 fique resolvido um problema que se tem arrastado há mais de 10 anos, atravessando vários mandatos.

Também o PCP, perante este anúncio, retirou a proposta que tinha apresentado para a reunião de Câmara de hoje, que visava a renovação dos contratos de avença.

De facto, a diferença de objectivos agora é enorme. No centro das preocupações destes trabalhadores já não está apenas procurar a renovação do contrato precário. Agora trata-se de assegurar um contrato como o dos restantes trabalhadores do município: com direitos laborais, férias, 13º e 14º mês, vínculo e estabilidade contratual, etc.

Quem acreditou, lutou e não desistiu, contribuiu para o objectivo em que muitos se empenharam, apesar de alguns terem preferido jogar no descrédito e na demagogia barata. No entanto, tenhamos consciência, foi apenas mais um passo...

Vêr notícia da Lusa aqui.

[P]

2 comentários:

Anti-Demagogia disse...

Então porque é que o contrato manhoso que aparece publicado no Lisboa em Alerta continua a ser posto à frente dos recibos verdes para eles assinarem?
Parece que há aqui qualquer coisa no minímo estranha!!!

Ou é mais um truque da maioria???

Zé disse...

A notícia da Lusa e este post são mais um mimo do Sá Fernandes e do Costa à imprensa?

Quem é que vai acreditar nisto?

Os recibos verdes da CML estão a assinar um contrato que ainda precariza mais a sua situação e vocês nem uma palavra!

E desde sexta feira que o podem encontrar em
www.lisboaemalerta.blogspot.com

Queremos verdade!