quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Isenção de taxas de ocupação do espaço público

Depois da mal explicada taxa cobrada à Everithing is New pela ocupação do Parque da Bela Vista, para o concerto da Madonna, eis que aparece mais uma isenção de taxa de ocupação do espaço público para um evento comercial: um rally organizado pelo empresário João Lagos vai partir do Parque Eduardo VII, onde já estão instalados todos os equipamentos e áreas técnicas, sem que a Câmara de Lisboa cobre as devidas taxas.

Segundo a imprensa, tudo foi preparado no maior dos secretismos. O vereador Sá Fernandes diz publicamente que não se pronuncia sobre o assunto porque não sabe de nada e o vereador responsável pelos espaços públicos não se digna explicar aos lisboetas o que se está a passar.

Esperemos que na próxima reunião de Câmara alguém se digne esclarecer o que está por trás desta isenção de taxas. É o mínimo que se pode exigir, não é?

[P]

4 comentários:

Anónimo disse...

Já agora o sr. Pedro Soares também podia explicar o que quer dizer com a frase "Depois da mal explicada taxa cobrada à Everithing is New pela ocupação do Parque da Bela Vista, para o concerto da Madonna, eis que aparece mais uma isenção de taxa de ocupação do espaço público para um evento comercial"

Frederico Maia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Frederico Maia disse...

Venho por este meio convidá-lo(a) a visitar um novo espaço onde se falará de Lisboa.
Como a mudança é uma constante da vida, tal como o sonho, Vendo Lisboa ainda terá pouco para ver, mas anseia pela motivação decorrente da sua visita.
Obrigado

Anónimo disse...

Já agoram espero que o Sá Fernandes e a Roseta votem contra este abuso! Se passar é com os votos do PS e do PSD, mas assim perceberemos melhor com quem de facto governa o PS a cidade.