terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

5ª FEIRA - 18 H - FÓRUM LISBOA: SESSÃO SOBRE INTEGRAÇÃO DOS "RECIBOS VERDES" NA CML


Na próxima 5ª feira, pelas 18 horas, no Foyer do Fórum Lisboa (Av. de Roma), terá lugar uma sessão promovida pelo Bloco de Esquerda, com a presença do vereador Sá Fernandes, aberta a todos, mas especialmente dirigida aos trabalhadores avençados da CML, para debater e prestar esclarecimentos acerca do processo de integração dos trabalhadores avençados no quadro da CML.

Entretanto, a concelhia de Lisboa do BE emitiu um comunicado onde refere que, sobre a solução jurídica encontrada para a colocação dos trabalhadores avençados no quadro, "é necessário vencer a hesitação sindical, que continua a insistir na abertura de concursos públicos externos para a integração do pessoal avençado, solução que nos últimos anos já demonstrou não resolver o problema e que, pelo contrário, só o tem agravado."

O BE entende que "o caminho da Comissão Arbitral é o único que pode integrar os trabalhadores nos quadros da CML e assim defender os postos de trabalho. É a escolha que os sindicatos terão de fazer: se querem defender os postos de trabalho ou continuar a lançar a confusão sobre os trabalhadores."

5 comentários:

Anónimo disse...

O Grémio Lisbonense é uma instituição fundada pela maçonaria irregular (a mais fundamentalista), que é o Grande Oriente Lusitano. Daí poderemos explicar que com a subida ao poder do socialista António Costa à presidência da Câmara Municipal de Lisboa e acrescida à aliança com vereadores metidos pelo Bloco de Esquerda, decidiu-se atribuir utilidade pública ao Grémio Lisbonense, associação controlada por elementos extrema-esquerdistas e ligados ao Bloco de Esquerda, para quem sabe, talvez, drenar uns subsídios do erário público para as actividades dirigidas por líderes políticos bloquistas. A propaganda está no ar e Lisboa está a saque.

meia laranhja disse...

O que quererá dizer este anonimo ...

Que o Gremio Lisbonense não tem direito de existir...

Que o Gremio é controlado pelo BE..

Realmente, há cada um...

As colectividades de cultura e recreio são esteios do que de melhor existe no associativismo popular.
`
Sendo agremiações abertas, em que todos podem participar se assim o deejarem, nada têm de elitistas, como outros clubes bem BAFIENTOS, que tambem existem nada na Baixa.

Lembro que o Presidente da Junta de S. Nicolau é do PSD, e ele já veio da terreiro defender o Grémio.

verdes recibos disse...

Depois de umas horas a ouvir o Sá Fernandes a gabar as maravilhas do quadro de pessoal de direito precário vou me sentir muito melhor!

Anónimo disse...

Que grande confusão vai nessa cabeça! "Quadro de pessoal de direito precário"?!! O que é isso?

Anónimo disse...

Esse quadro deve ser o que existe actualmente e que vem desde o PS/PCP (pelo menos): a malta toda a recibo verde. Só pode ser...