domingo, 13 de janeiro de 2008

"Lisboa em Alerta" está de volta


O blog "Lisboa em Alerta" está de regresso, depois de quase um mês sem notícias. Este espaço na blogosfera surgiu em Novembro do ano passado para dar voz às preocupações dos "«recibos verdes» da autarquia. Pessoas que o Município mascara com contratos de avença ou de prestação de serviços."

No post colocado ontem, os promotores do blog referem que a "ausência prendeu-se por alguns desacordos entre membros da Equipa Lisboa em Alerta quanto à linha que seguimos até aqui" e confirmam um conjunto de informações que estiveram envoltas em muita polémica:

"O executivo acabou por tomar duas medidas extremamente importantes:
1) revogou a decisão de despedimento a 31 dos 127 trabalhadores notificados com a não-renovação do contrato;
2) recuou quanto ao novo modelo de contrato de avença que nos quis propor, mantendo na generalidade tudo na mesma.
(...) que a questão de uma nova vaga de despedimentos não passou de um rumor. Na verdade, assumimos que fomos levados no boato por informações não verdadeiras que nos fizeram chegar
."

Estas notícias reafirmam o que tinha sido publicado pelo nosso blog durante o mês de Dezembro, em mensagens como "Quem está interessado em manter a confusão?" , "Confirmado: rescisões reavaliadas"ou "Avençados vão ser integrados".

Lamentavelmente, alguns interessados em que nada mude na CML têm procurado manipular, lançar boatos e descredibilizar a luta que está a ser travada para a integração dos trabalhadores a "recibo verde" no quadro. Ainda bem que o "Lisboa em Alerta" está de volta. A mensagem do seu regresso é um bom contributo para a clarificação da situação e o reforço da esperança de muitas centenas de avençados na abertura de um caminho para que este problema seja resolvido: terminar com a política de precariedade laboral na CML.

[P]

4 comentários:

Anónimo disse...

Parece que a boataria foi derrotada. Só espero que consigam manter o nível e rejeitem a manipulação.

Anónimo disse...

Vai ser difícil... já há quem ande a espalhar boatos de novo nos comentários desse blog.

Anónimo disse...

Cheira-me que este [P] é um pseudónimo do Aranda.

inconformados disse...

Consultem o Lisboaemalerta e vejam
os novos dados disponíveis.
Tirem as vossas conclusões acerca
do apregoado Plano de Saneamento Financeiro proposto pelo actual executivo da CML.
Desde o início,nunca houve critérios para o despedimento dos
funcionários avençados,tal como agora não existiram para a readmissão dos 31.