sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

COMUNICADO POUCO SÉRIO DO STML

A Direcção do STML, no seu primeiro comunicado do novo ano, confirma o que já tinhamos anunciado neste blog a 18 de Dezembro: houve 31 cartas de denúncia de contratos de avença que foram revogadas.

O comunicado refere que "tal só foi possível por força de toda a movimentação que o STML e os trabalhadores encetaram". Até aqui, tudo bem, compreende-se. O que não é séria, é a afirmação de que este processo de não renovação de contratos de avença tenha tido "a cobertura, confusa e envergonhada do Vereador Sá Fernandes".

Seria importante que a Direcção do STML explicasse qual foi a medida ou posição política do vereador Sá Fernandes que lhe permite chegar a essa conclusão. De facto, trata-se de uma falsidade e é lamentável que o comunicado distorça gravemente a realidade e acabe por alinhar numa manipulação com meros objectivos partidários.

A Direcção do STML sabe, porque lhe foi dito, que o vereador eleito pelo Bloco de Esquerda discordava do envio das 127 cartas e tudo iria fazer pela revogação desse procedimento. Informou, inclusive, que no âmbito da sua capacidade de decisão (os serviços do seu pelouro) nenhum dos avençados seria dispensado.

E assim foi. O vereador Sá Fernandes manifestou na Câmara e publicamente a sua discordância com o procedimento e defendeu a sua revogação. Apresentou casos concretos de trabalhadores que configuravam contratos de trabalho encapotados e que tinham recebido carta, o que contrariava o determinado no Programa de Saneamento Financeiro. Na maior parte destes casos, foi conseguido que as cartas fossem revogadas pelo vereador responsável pelos Recursos Humanos. Mas não chega e esta luta é para continuar porque o objectivo é a integração dos trabalhadores a "recibo verde" no quadro da CML.

É lamentável que a Direcção do STML esteja a provocar um divisionismo estúpido, em vez de unir todas as forças que querem acabar com esta precariedade que se arrasta há mais de uma década na CML.

[P]

15 comentários:

Anónimo disse...

É por coisas destas é que o sindicalismo está na miséria em que está.

Boa PCP.

B Aranda disse...

O Post está correctíssimo e também concordo com o comentário de cima.

Já não é a primeira vez que o STML elege como inimigo principal o Sá Fernandes e o Bloco.

Se essa estratégia até pode ter alguma lógica á luz da optica exclusivamente partidária (PCP), não tem lógica nenhuma do ponto de vista sindical.

Pelo contrário: Sá Fernandes é claramente o mais importante aliado dos trabalhadores do municipio dentro do executivo. Mesmo que os militantes do PCP, membros da Direcção do STML não lhe queiram escrever cartas de amor, deveriam, ao menos, não hostilizá-lo. Assim só se descredibilizam, enfraquecem a luta e - do meu ponto de vista - dão mais força ao PS para prosseguir com eventuais despedimentos APESAR de terem Sá Fernandes à perna.

Zé Boinas disse...

O camarada aranda continua em grande...

Anónimo disse...

Com sindicatos afectos ao PCP, o que é que se pode esperar...

Como dizia politico dos anos 30, uma mentira repetida mil vezes, acaba por passar por verdade....

Quem diria que o STML, utiliza o celebre principio de Gobbels....

Anónimo disse...

o STML é um sindicato que, como todos, se debatem com graves problemas de organização, de falta de quadros etc. parece que o stml se debate também com um problema mental gravissimo, que é a sua incapacidade e preconceitos contra todos os que não sejam comunistas...

Anónimo disse...

Pois eu sou comunista e também discordo deste tipo de comportamento do Sindicato. Mas discordo mesmo! Por favor, não confundam as coisas.

Bloco de Zebras disse...

Coitadinhos dos camaradas do berloque que se sentiram ofendidos... Afinal o Sá Fernandes tem tido um comportamento transparente?! Onde e em quê?...
Será que é no pagamento a rondar os 3 mil euros do Bernardino Aranda??? (hum... menos 21 % pk o rapaz cobra o IVAAAAAAAA)

Anónimo disse...

Sabem, no meio de tudo isto vou dizer uma coisa nova, nunca antes dita, mas que traduz como nada e nunca a triste realidade da CML e de tantos e tantos outros sítios da nossa administração pública: "Venha a nós o Vosso...". Por isso é que eu nunca gostei de de BE`s. São uns meninos bem, pretensamente preocupados com a decadência da nossa sociedade e dos nossos valores (aqui menos, porque parece que são progressistas...). Quantos empurrõezinhos não estão a dar também...

Anónimo disse...

Pois a mulher do Ruben com o seu tacho part-time a 500 contos por mês, é que é um exemplo para estes senhores do ST...PCP..ML

Anónimo disse...

Deixem-se de ataques mútuos. A luta dos trabalhadores precários pela integração é menos importante que essas vossas diputazinhas partidário-pessoais? O Bloco e o STML têm feito muito pelos trabalhadores do município. Claro que o Sindicato não devia dizer essas coisas sobre o vereador do Bloco. Para quê este triste espectáculo?

Anónimo disse...

Oh bloco de zebras, é natural que "os coitadinhos dos camaradas do berloque" se sintam ofendidos com a mentira. Quero lá saber quanto é que ganha esse aranda que não conheço de lado algum. Não desvie a conversa.

Anónimo disse...

Não se esqueçam que o BE e o STML são constituidos por pessoas, vulgo humanos, e, são elas mais os seus comportamentos por vezes (ou muitas vezes, isso agora que fique na consciência de cada um!)menos correctos que fornecem elementos para estas discussões. Triste espectáculo, só se for o que eles fazem e dizem!

Anónimo disse...

A meu ver, que nada tenho a ver com a CML, nem com o BE e muito menos com o PCP e o STML, e que assisti pela internet a algumas sessões publicas da camara e da am, só tenho a dizer que transparência não é a característica mais forte do vereador Sá Fernandes. A melhor descrição que encontro é "conversa redonda", sem sumo... Já para não falar na vangloriação e nos "novos paradigmas"... Enfim, são os politicos que temos... Passam de Zé Ninguém a elemento chave num instante, e começam a inchar.

Anónimo disse...

A meu ver, que nada tenho a ver com a CML, nem com o BE e muito menos com o PCP e o STML, e que assisti pela internet a algumas sessões publicas da camara e da am, só tenho a dizer que transparência não é a característica mais forte do vereador Sá Fernandes. A melhor descrição que encontro é "conversa redonda", sem sumo... Já para não falar na vangloriação e nos "novos paradigmas"... Enfim, são os politicos que temos... Passam de Zé Ninguém a elemento chave num instante, e começam a inchar.

Marta disse...

Ó Anónimo !!!

Tanto rancor . . .

Eu detesto jogos políticos, mas ainda a campanha ia no início e já eu afirmava que o Sá fernandes devia divulgar as acções que tinha levado a cabo, como advogado e como cidadão e mantenho o que disse no caso da vereação. Deve "vangloriar-se" sim. Só a divulgação das suas conquistas permite conseguir o apoio dos munícipes e ser eleito para prosseguir o bom trabalho.

Modesta sou eu e não vou a lado nenhum.