quinta-feira, 10 de julho de 2008

Bloco propõe o reforço dos direitos dos ciclistas e peões para uma mobilidade sustentável


O Bloco de Esquerda apresentou um projecto de lei para afirmar os direitos do ciclistas e peões no código da estrada, com o objectivo de encorajar a utilização da bicicleta e as deslocações a pé para uma mobilidade sustentável e um ambiente urbano de qualidade, adoptando uma cultura de segurança rodoviária que efectivamente proteja os mais vulneráveis e torne as cidades mais seguras e amigáveis.

Propõe-se a introdução do princípio da protecção dos mais vulneráveis, como os peões ou ciclistas; a aplicação de conceitos de gestão e acalmia do trânsito, mas também de qualificação dos espaços públicos, através do desenho urbano, como é o cado das zonas pedonais, zonas de estadia e zonas 30; a implementação de regras básicas de segurança para os ciclistas e peões, nomeadamente em termos de posição de marcha, cedência de passagem, ultrapassagem, circulação, ocupação dos passeios, entre outros.

Ver aqui o Projecto-Lei.

3 comentários:

miguel disse...

Parabéns! Isto sim é mobilidade sustentável, não é aquelas aldrabices dos carros eléctricos.

B Aranda disse...

Aqui em Amesterdao as bicicletas têm quase sempre prioridade. é simples e seguro andar por todo o lado pois os carros, autocarros e até eléctricos cedem sempre passagem.

Anónimo disse...

Isto é da máxima importância. É impressão minha ou não foi divulgado no esquerda.net?